Publicado em 11 de setembro de 2017 - Atualizado há 1 mês atrás

Zé Ricardo espera progressos

Após vitória sobre o Grêmio

Zé Ricardo espera progressos

GAZETA ESPORTIVA

A vitória na estreia no Vasco deixou o técnico Zé Ricardo muito satisfeito. O time teve uma boa atuação no 1 a 0 sobre o Grêmio e chegou aos 31 pontos, passando a sonhar com uma vaga na próxima Copa Libertadores. Porém, o treinador está longe de se considerar empolgado com a exibição e cobra melhora e progressos para os próximos confrontos. O Cruz-Maltino volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), para um difícil duelo contra o líder Corinthians na Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

“O time contra o Grêmio conseguiu executar tudo aquilo que a gente pediu ao longo de toda a semana e por isso mesmo me deixou satisfeito. Mas sabemos que os progressos são importantes, até porque o nível de exigência da competição vai subir muito na reta final”, disse Zé Ricardo.

O treinador lembrou que o Vasco estava sem jogadores importantes contra o Grêmio. O lateral-direito Gilberto e o volante Jean cumpriram suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Os atacantes Paulo Victor e Luis Fabiano estão próximos de serem liberados pelo departamento médico.

“Isso com certeza vai deixar nosso grupo mais encorpado, o que é muito importante”, afirmou Zé Ricardo.

Após o domingo de folga, o elenco vascaíno voltou aos treinos nesta segunda-feira para um trabalho regenerativo. nesta terça-feira o plantel vai trabalhar na parte da manhã, novamente em São Januário.

Itamar Ribeiro de Carvalho, presidente da Assembleia Geral do Vasco, confirmou para 7 de novembro o dia da eleição presidencial do clube. Maiores detalhes sobre o pleito serão fornecidos nos próximos dias. Nesta data terá a Assembleia para eleger o presidente e o vice-presidente da Assembleia Geral e os membros eletivos, efetivos e suplentes, do Conselho Deliberativo para o triênio 2018/2021, seguindo a forma do estatuto do clube.

Atualmente o Vasco tem cinco candidatos. Eurico Miranda é o nome da situação e vai buscar um novo mandato. pela oposição despontam Fernando Horta, que já foi vice-geral de Eurico, Otto Carvalho, Alexandre Campello e Júlio Brant. Porém, nos bastidores se fala que algumas das chapas de oposição podem optar por uma fusão.

Compartilhe