Publicado em 20 de abril de 2017 - Atualizado há 2 meses atrás

FUTEBOL FEMININO: CARTÃO DE APRESENTAÇÃO

Jovem e talentosa, Ana Vitória celebra primeiro gol com a camisa do Corinthians/Audax

FUTEBOL FEMININO: CARTÃO DE APRESENTAÇÃO

Futebol MT (Redação Futebol MT), em Rondonópolis

O relógio marcava 39 minutos do segundo tempo naquela tarde de sábado, em Barueri. Em campo, o Corinthians/Audax vencia o São José, de virada, por 2 a 1. Antes daquele minuto, o Timão já havia feito dois golaços, primeiro com Amanda Brunner e depois com Gabi Nunes. O fato já era suficiente para encerrar mais uma página da história de vitórias da equipe, mas ainda restava um último belo parágrafo a ser escrito.

Após triangulação na entrada da área, Ana Vitória, de apenas 17 anos, emendou um chute que só parou no fundo da rede do São José. Ali, a caçula do elenco, vestindo a camisa 19, fazia seu primeiro gol pelo Corinthians/Audax e se tornava a mais jovem jogadora a marcar pelo clube.

Natural de Rondonópolis, cidade do Mato Grosso, a meio-campista chegou ao alvinegro no início deste ano, após se destacar em seu estado e somar passagens pela Seleção Brasileira de base. De sua estreia oficial pelo time, diante do Vitória-PE, pelo Campeonato Brasileiro, até o gol, no último sábado (15), foram exatos 244 minutos sem gols, jejum que já incomodava a talentosa camisa 19.

“Eu estava na expectativa desse gol desde a estreia. Já estava aqui pensando: ‘poxa, será que não vai acontecer?’ Mas, fiquei muito feliz que saiu nesse jogo contra o São José e ainda mais da forma que foi”, afirmou.

Com a pureza de sua pouca idade e o sorriso estampado no rosto, Ana Vitória não escondeu que havia sonhado com um primeiro gol tão belo como conseguiu, apesar de não ter pensado nos detalhes do lance.

“Não vou dizer que pensei detalhadamente no gol, mas o que aconteceu foi mais ou menos como eu estava planejando ali em campo, durante o jogo. Não vou mentir e dizer que não planejei, porque foi assim”, disse entre risadas.

Compartilhe