Juazeirense marca nos minutos finais, vence nos pênaltis e elimina o Cruzeiro e causa demissão de Felipe Conceição

Bruno Haddad/Cruzeiro

Depois de passar por Sport e Volta Redonda, a Juazeirense alcançou o maior feito da sua história: na terceira fase da Copa do Brasil, eliminou o Cruzeiro (maior campeão da competição, com seis títulos) e chegou às oitavas de final do torneio, embolsando R$ 2,7 milhões. Foi com emoção: o time fez 1 a 0 aos 40 minutos do segundo tempo e levou a decisão para os pênaltis. Venceu por 3 a 2 e derrubou a Raposa, que ampliou o momento ruim com Felipe Conceição.

O Cruzeiro já trabalha com nomes no mercado. O primeiro nome, neste momento, é Mozart.

Com a eliminação, o técnico Felipe Conceição não resistiu e foi demitido pela Raposa. Acumulou as eliminações na semifinal do Campeonato Mineiro, a lanterna da Série B do Brasileiro e, agora, a queda na terceira fase da Copa do Brasil, que também impacta bastante nos cofres do clube.

A Juazeirense é uma das protagonistas, até agora, da edição da Copa do Brasil 2021. Tirou o Sport na primeira fase, passou também nos pênaltis pelo Volta Redonda e, agora, elimina o Cruzeiro da terceira fase. A equipe conquista mais R$ 2,7 milhões e chegará com muita moral para as oitavas de final.