Expulsão e VAR à parte, Palmeiras mostra pontos positivos em outro jogo sem vitória

  • Por GloboEsporte.com
  • 12/08/2019 às 10:10
  • Nacional

Até os 48 minutos do primeiro tempo, a torcida do Palmeiras estava satisfeita com o que via em campo no último domingo. Seu time vencia por 1 a 0, era pouco ameaçado pelo Bahia e já tinha criado chances de ampliar. A expulsão de Felipe Melo alterou o cenário da partida, que terminaria empatada por 2 a 2.

Por deixar o braço no pescoço de Lucca, numa disputa de bola pelo alto, que já tinha Diogo Barbosa, o volante recebeu cartão vermelho direto e deixou sua equipe com um jogador a menos. Nem Luiz Felipe Scolari reclamou. Ao contrário: ficou de ter uma conversa com Felipe Melo.

O treinador também não quis falar muito sobre a atuação do VAR, que no segundo tempo acionou o árbitro e levou à marcação de dois pênaltis, o segundo deles muito questionado pela torcida e pelo zagueiro Luan, que derrubou Arthur Caíke em uma dividida dentro da área.

Polêmicas à parte, o Palmeiras mostrou pontos positivos, ainda que tenha chegado à quinta rodada seguida do Campeonato Brasileiro sem vitória, resultado que o impediu de se aproximar ainda mais do Santos, que recentemente lhe tirou a liderança.

Na bola parada defensiva, que tinha se tornado um problema nas últimas partidas, o time voltou a se portar bem. Pelo chão, houve um único lance em que Weverton precisou deixar a meta (e foi driblado), e a recomposição se mostrou eficiente.

Luiz Adriano estreia bem

Mas a principal novidade, a meu ver, foi Luiz Adriano. Apesar de não ter marcado nenhum dos gols – os dois foram frutos de uma tarde inspirada de Dudu –, o centroavante estreante deixou boa impressão em seu retorno ao futebol brasileiro. Uma atuação boa não apenas técnica, mas também taticamente.

Não foi raro vê-lo cobrar melhor posicionamento dos colegas de ataque na marcação da saída de bola adversária. Além disso, soube atacar muito bem os espaços dentro e fora da área.

Além de bons domínios de bola e de um cabeceio à direita do gol, Luiz Adriano quase fez um golaço em finalização de longa distância, num lance em que ele enxergou espaço deixado pela marcação e pediu o passe de Marcos Rocha.

Ao final da partida, Felipão confirmou que ele e o zagueiro Vitor Hugo serão inscritos para as quartas de final da Libertadores, contra o Grêmio. É muito cedo para dizer que o atacante dará certo com a camisa alviverde, mas, ao contrário das polêmicas da partida, trata-se de um ponto positivo e animador para o torcedor.